Origens e distribuição da àgua


Origens

A água posta à distribuição nos sistemas de abastecimento da responsabilidade dos SMAS de Tomar, tem três origens em alta:

Mendacha1RioFundeiro1CastelodeBode1
Mendacha
Rio Fundeiro
Castelo do Bode
Proveniente de poços subterrâneos
Proveniente do rio Zêzere
Proveniente do rio Zêzere

Sendo as duas primeiras da responsabilidade de exploração da empresa Águas do Centro, S.A. e a terceira da responsabilidade de exploração da EPAL.

As águas superficiais (provenientes de rios, ribeiras, lagos, etc.), contrariamente às águas subterrâneas (captadas por nascentes, furos, poços, etc.), estão sujeitas a um maior número de impurezas, bactérias, areias, lamas, odores e sabores. Consequentemente, estas águas não podem ser consumidas, sem que haja um tratamento prévio numa ETA (estação de tratamento de água). Nas ETA’s a água passa por processos de filtração e desinfeção, e as lamas extraídas durante o processo de limpeza, são aproveitadas na agricultura, como fertilizantes, ou levadas para aterro, consoante os resultados das análises, determinem se estas estão ou não aptas a um processo de fertilização dos solos.

A água depois de tratada (água potável), é encaminhada para os reservatórios de armazenamento através de condutas adutoras gravíticas ou condutas elevatórias após bombagem, para, finalmente, poder ser posta à distribuição dos utentes.

Distribuição

MapaAguaUniaoFreguesiasPeqPosteriormente à desinfeção e tratamento na ETA (estação de tratamento de água), a água segue através de condutas adutoras, para os reservatórios de armazenamento em alta. A partir destes reservatórios figuram outras condutas de distribuição (de diâmetro inferior às anteriores), que fazem a distribuição para os reservatórios em baixa e a partir destes, realiza-se a distribuição para o consumidor final.

A distribuição de água, no concelho de Tomar, é assegurada por quatro sistemas:

  • Castelo do Bode
  • Mendacha
  • Mendacha / Castelo do Bode
  • Rio Fundeiro

Cada um destes sistemas serve a área do Concelho mais próxima.

Existe uma zona em que a água de abastecimento pode ser proveniente da Mendacha ou do Castelo de Bode, que é a zona central do Concelho, correspondente à União das Freguesias de Tomar, uma parte da União de freguesias de Madalena e Beselga e uma parte da freguesia de S. Pedro.

Consumo autorizado e perdas  de água, m3 (dados referentes a 2016)

Consumo autorizado helptooltip Perdas aparenteshelptooltip Perdas reais

2 921 312

356 891

562 692